Destaques

Arquitetura, um direito de cidadania

5 de outubro

DIA MUNDIAL DA ARQUITETURA

O papel da Arquitetura e Urbanismo na preservação da Saúde Pública e da qualidade de vida das cidades foi evidenciado com a pandemia do Coronavírus, que escancarou as grandes dificuldades sanitárias e de controle epidemiológico em nossas cidades, em boa parte caracterizadas por enormes deficiências das condições das habitações, inexistência de espaços públicos adequados, falta de equipamentos comunitários e serviços urbanos e de infraestrutura nas periferias, além de assentamentos subnormais.

Para superar as adversidades, torna-se urgente a implementação de ações que garantam condições dignas de moradia e habitabilidade, como a estruturação de um plano nacional de Assistência Técnica Pública e Gratuita em Habitações de Interesse Social (ATHIS), a retomada dos programas de urbanização de favelas, e a intensificação da regularização fundiária. É preciso transformar de imediato nosso ambiente construído em cidades e habitações saudáveis.

Trechos da Carta Pública divulgada pelo CAU no Dia Mundial da Saúde. Confira o documento completo aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS

Transparência: CAU/CE envia ofício aos munícipios do estado solicitando transparência nos eventos com estruturas temporárias.

NOVA GESTÃO: PLENÁRIO ELEGE COMPOSIÇÃO DAS COMISSÕES E VICE-PRESIDENTES DO CAU/BR PARA 2024

Treinamento em LGPD

Skip to content