Destaques

Casa Cor Ceará 2015 abre as portas

O Brasil revisto por meio da arquitetura, do design e das mais diversas linguagens artísticas. A 17ª edição da Casa Cor Ceará começa hoje reunindo 55 profissionais que foram responsáveis por pensar 37 ambientes. A brasilidade é o tema desta edição que vai até o dia 17 de novembro e ocupa uma ampla área de visitação na avenida Barão de Studart. Em meio a espaços que valorizam o requinte da decoração, a arte tem papel fundamental no evento.

“Não tem como não atrelar a Casa Cor à arte e à cultura. Isso tudo é que embeleza ainda mais a vida da gente”, afirma Neuma Figueredo, diretora da mostra. Ela destaca que um olhar
mais atento aos ambientes pode ajudar a descobrir detalhes que fazem toda a diferença. “É uma aula de cultura, por isso mesmo a gente convida estudantes da rede pública municipal e estadual para, gratuitamente, conhecer os espaços”, diz.

O arquiteto Tiago Falcão projetou uma sala de leitura dedicada ao chanceler Airton Queiroz, homenageado dessa edição. “É preciso pensar a arte em todos os sentidos, em todas as linguagens”, defende Tiago. No espaço montado por ele, o destaque é uma obra do pintor e gravurista Iberê Camargo (1914 – 1994). “É o elemento de arte que é ápice aqui”, celebra. Tiago usou também estampas de flores produzidas pelo artista visual Marco D Julio, do estúdio Tropicalista.

Já o designer Sergei de Castro apostou na mistura da arte nacional e internacional para pensar seu espaço na Casa Cor deste ano. “Nós, brasileiros, somos uma miscigenação total”, afirma. Sergei mesclou lado a lado referências ao Padre Cícero e aos czares russos. Na sala projetada por ele, reuniu seleção de artistas brasileiros de todas as regiões. “Nós somos um bando de migrantes”, conclui.

O artista plástico Antônio Rocha, junto com a também artista Emília Porto, apresenta ao público o espaço Jardim dos Gatos, exposição que reúne pinturas centradas no animal doméstico. “A proposta é ter esse espaço totalmente voltado à arte e também tudo está ligado com essa coisa do verde, da natureza, da vida”, pontua.

Já a arquiteta e urbanista Giovanna Ramalho apresenta uma sala de banho que, apesar de um espaço diferenciado, também busca o diálogo com as artes visuais. “Optamos por dar muita ênfase aos artistas cearenses”, aponta. Compondo o espaço, fotografias de Marcelo brasileiro e o obras de Marco Ribeiro, além do destaque dado ao artesanato.

A galeria digital Urban Arts também marca presença com mais de 70 peças selecionadas da franquia, com cores e estilos variados. Um dos ambientes decorados com os quadros da UrbanArtes é a Brinquedoteca, projetada pelas arquitetas Joane Ximenes e Ana Ciarlini.

SERVIÇO

17ª Casa Cor Ceará

Quando: de hoje a 17 de novembro, das 16 às 22 horas, de terça a domingo (incluindo feriados)

Onde: Avenida Barão de Studart, 598, em frente ao Palácio da Abolição

Quanto: 40 (inteira)
Informações: casacor.com.br/ceara

Fonte: O Povo

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso gratuito da ABNT no CAU/CE

Arquiteto(a) e Urbanista deve fazer RRT ao realizar atividades técnicas de Arquitetura e Urbanismo

Chamamento Público: CAU/CE busca parcerias para a EXPOCONSTRUIR Nordeste 2024

Skip to content